Wednesday, August 10, 2011

Sem título, Sem perspectiva

O que será disso tudo?
Não sei absolutamente. Sei que não sei absoutamente e sei que estou mal toda vez que me vejo em silêncio. Quando os meus olhos e ouvidos não se prendem ao mundo, eu não mais enxergo, nem vejo nada. Eu volto a mim e me ponho em silêncio, mas não há silêncio em mim. Há medo, há angústia, há desejo, há tristeza, sofrimento. O Norte antes claro, agora está turvo, e as coisas antes fundamentais,tornam-se vãs. Então eu me deito no fundo de mim mesma, sinceramente cansada de tantas questões. Fujo desse mar escuro. Adormeço. Durmo.

2 comments:

eduardo said...

:)

Mel said...

olá :)